O crente e o cedro

19/10/2011 11:27

SALMOS. 92:12 O justo florescerá como a palmeira; crescerá como o cedro no Líbano.

CEDRO: É pouco tolerante à sombra, prefere as posições onde existe sol total, é bastante tolerante à seca , não suportando solos muito argilosos e nasce naturalmente onde existe pequenos aguaceiros no verão, o cedro cresce muito devagar.
MEDIDAS: 40 a 60 metros de altura, 14 metros de diâmetro no tronco e podendo viver ao longo de centenas anos
TEMPO DE VIDA: Média de 1000 á 3000
CURIOSIDADE: Tem-se conhecimento da árvore desde 3 mil ante de Cristo e é a mais mencionado árvore na Bíblia Sagrada. Em Bcharri, floresta relíquia a uma altitude de 1.900 metros, há mais de 300 árvores de cedro, sendo que duas têm cerca de 3 mil de idade, e outras dez possuem mais de mil anos. A cruz que Cristo transportou onde foi crucificado era de Cedro do Líbano.

Os cedros são os monumentos naturais mais célebres do universo. A religião a poesia e a história igualmente os consagrou. Embora existam muitos tipos de cedros, o cedro do Líbano ou cedrus libani é a espécie mais velha e mais forte, e chega a atingir até 40 metros de altura e 14 metros de diâmetro no tronco. Nos primeiros três anos de vida, as raízes crescem até um metro e meio de profundidade, enquanto a planta tem somente cerca de 5 centímetros. Aos quatro anos o cedro começa a crescer – vinte centímetros por ano – e só aos quarenta anos produz sementes. A madeira do cedro era perfumada e utilizada pelos faraós do Egito para mumificar os mortos.

Assim como o cedro foi consagrado pelos os homens,entre todas as árvore, os justos foram cosagrados por Deus. Dt. 7:6. Porque povo santo és ao Senhor teu Deus; O Senhor teu Deus te escolheu, para que lhe fosses o seu povo especial, de todos os povos que há sobre a terra.

O crescimento dessa árvore é lento e progressivo, em três anos ela cresce apenas 5 centímetros, e 20 centimetros ao ano. O desenvolvimento do justo também é progressivo vâo conhecendo a palavra e crescendo na graça a cada dia. Mas nos dias atuais, a pessoa se torna crente hoje. "amanhã já é pastor ou obreiro." Por essa razão vem surgindo as seitas, herezias e muito escádalo. A Bíblia diz: O justo crescerá como o cedro no Líbano. Um crescimento lento, mas com estabilidade. Conhecida como árvore da vida ou da eternidade podemos ver que o processo de crescimento deu-lhe o poder de durabilidade na fase adulta. Tudo que começa certo no final termirá certo.

O cedro tem um perfume excelente que servia para perfumar os mortos e afugentar as pragas. Nós cristãos com a nova vida ( bons exemplos) que Jesus nos deu, contagiamos aqueles (os mortos) que ainda não tem Jesus e afugentamos todo pecado para longe.

Podemo ver também que a raiz do cedro é profunda, quando ele tem apenas 5 centímetro de altura, a raiz tem um metro e meio de profundidade. Isso nos ensina que nossa vida não pode ser apenas algo exterior, mas interior. A raiz garante firmeza, nutrição e sobrevivência para a planta (Is 40.24). Muitas vezes, enfatizamos o que a árvore produz, o fruto, mas nos esquecemos das raízes. Nos mais variados aspectos da nossa vida, valorizamos mais o que é aparente e menosprezamos o que está oculto. O fruto é muito importante, mas a sua falta pode indicar um problema na raiz. Deus diz que sem raizes não há fruto. Em Jeremias 17: 7.8 lemos: Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o senhor. Ele será como árvore plantada junto as águas, que estende as suas raizes para o ribeiro, não receia quando vem o calor, suas folhas são sempre verdes, no ano de sequidão não se pertuba, nem deixa de dar fruto. Obviamente é preciso ter boas raizes para dar fruto. A falta de raiz leva à morte, conforme observamos nas palavras de Jesus: "E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas crêem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam." (Lc 8.13.)
Aquela semente caiu entre as pedras, onde havia pouca terra. Brotou rapidamente, mas, por falta de raízes, morreu sob o calor do sol. Jesus disse que tais pessoas "crêem por algum tempo". São "crentes provisórios". Não têm raízes. Este é o caso daqueles que freqüentam a igreja durante algum tempo e depois desaparecem. O texto de Lucas nos mostra que há dois momentos na caminhada com Cristo: alegria e tribulação. Precisamos ter consciência disso. Devemos conhecer tal possibilidade, pois o conhecimento também é um tipo de raiz que nos manterá de pé. Aqueles que esperam apenas momentos de alegria se decepcionam com o Evangelho e o abandonam.
O dia da tentação e tribulação traz o teste para a raiz do servo de Deus. É nessa hora que manifestamos o que somos intimamente. O vento e a tempestade nos atingirão inevitavelmente. Então veremos o que existe em nós, abaixo da superfície.
A primavera é a estação mais favorável para as plantas. Contudo, não há como impedir que venha o inverno. No hemisfério norte, onde a estação fria é muito rigorosa, as árvores perdem toda a sua beleza por causa da geada e da neve. Ficam com aspecto de destruição completa. Não têm folhas, flores nem frutos. Não lhes resta nem mesmo um aspecto agradável ou saudável. Parecem mortas. Contudo, sob o solo gelado, suas raízes permanecem vivas, garantindo que, na próxima estação, a árvore esteja viva, forte, bela e produtiva.
"Porque há esperança para a árvore, que, se for cortada, ainda torne a brotar, e que não cessem os seus renovos. Ainda que envelheça a sua raiz na terra, e morra o seu tronco no pó, contudo ao cheiro das águas brotará, e lançará ramos como uma planta nova." (Jó 14.7-9.)

Características

 

DEPENDÊNCIA DE DEUS:

Os cedros do Líbano simbolizam os cristãos, naquilo que se refere a terem sido inteiramente plantados pelo Senhor. Isto é a verdade absoluta de cada filho de Deus. O cristão não é plantado pelo homem, nem por si mesmo, mas é plantado por Deus. A mão misteriosa do Espírito divino fez cair a semente da vida dentro do coração que Ele mesmo preparou para recebê-la. Cada verdadeiro herdeiro do céu pertence ao grande Agricultor que o plantou. Além disso, os cedros do Líbano não dependem do homem para regá-los; eles subsistem nas altas rochas no entanto nosso Pai Celeste suprem suas necessidades. Assim é com o cristão que aprendeu a viver pela fé. Ele não depende do homem, mesmo nas coisas temporais. Mas espera no Senhor seu Deus, somente nele. O orvalho do céu é sua porção e o Deus do céu o seu manancial.

Cedros do Líbano são árvores de Deus, mantidas e preservadas por Ele; Não tem refúgio, nem proteção, exceto esta... As vastas asas do Deus eterno sempre abrigam os cedros que Ele mesmo plantou. É exatamente a mesma coisa com o cristão. Ele não é uma planta de estufa, protegido das tentações; Mas é um dependente de Deus que lhe concede sempre o livramento.

Davi, com muita doçura, colocou em seus salmos: "Louvai ao Senhor, árvores frutíferas e todos os cedros." (Sl. 148:9). No crente não existe nada que possa glorificar o homem; Ele é plantado, nutrido e protegido pela própria mão do Senhor, devemos sempre depender do nosso Deus em Hb.12:2 Diz: Olhando para Jesus, autor e consumador da fé.

UTILIDADE :

Das árvores encontradas na mata, o cedro destaca-se entre aquelas mais utilizadas pelos homens. Aumentando a honra, a riqueza e a dignidade de quem a possui. Há milênios o óleo é indicado para alívio das vias respiratórias. Infecções, anti-séptico urinário, cistite, alivia o reumatismo, asma, e diversos problemas de saúde. Além das utilidades citadas acima, o cedro também possui uma ótima madeira, para a construção civil,(casas, templos e móveis) naval (barcos canoas e caravelas) e aeronáutica. ( aviões). O extrato serve como perfume e o cedro é uma espécie com alto potencial para reflorestamento, seja para restauração de ambientes degradados, pelo o gás carbono como também para paisagismo.

Veja a diversificação de utilidade desta árvore, ela é util para curar, construir, perfumar, e dignificar e.t.c. Assim deve ser o crente, a Bíblia diz vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto um para com o outro, como para com todos.1.Tess.5:15. Segui sempre o bem, significa ser proveitoso ao próximo. Curamos com a fé, construimos com a palavra, parfumamos com a nossa vida e dignificamos com o amor. Sejamos um cedro.

LONGEVIDADE:

O cedro é usada muitas vezes nas Escrituras como símbolo de longevidade e força pelo fato de suporta muito calor e muito vento, chegando a alcançar cerca de 3.000 anos, suas raízes não dependem da chuva porque vão buscar água nos lençóis freáticos. Suas raízes quando encontra as rochas no fundo da terra elas abraçam dando-lhe mais força para o tronco. Pois é exatamente assim que acontece na vida do justo. Vem sobre ele o vento impiedoso da calúnia ou do abatimento ou qualquer outro mal, seja de origem humana ou mesmo procedente das forças das trevas; O cristão se apega a Cristo a rocha firme e desse em busca da palavra que é a água sustentável que da força e longevidade.

Ótimas dicas para você ser firme e frutificar na presença de Deus

( fonte: Pr. Fernando Peters )

COMO CULTIVAR AS RAIZES

A-Um bom lugar para comecar é memorizando os salmos 1:2,3-Ler. O salmista fala sobre a vida estável, a vida que tem raizes. Elas virão meditando na palavra, e não vendo novelas. Aprendemos a mesma coisa lendo Col 2;6,7. Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele, arraigados e edificados nele e firmados na fé, assim como fostes ensinados, crescendo em ações de gracas.
B-Gaste tempo lendo, memorizando e obedecendo aos estatutos de Deus. É assim que desenvolveremos fortes raizes espirituais, raizes que penetram profundamente no solo da palavra profetica do Senhor, essas raizes o capacitarão a enfrentar o calor da pressão.
Em meio ha tantas formulas para se tentar tocar os ceus, a palavra de Deus continua sendo a lámpada capaz de guiar os homens na verdade

AFUGENTE AS PRAGAS

O cedro tem um cheiro natural que afugenta as pragas, contudo esse cheiro serve de perfume para o homem. Pois é extraído essa substãncia do cedro para fazer perfume e remédio.
AS PRAGAS tipificam as preocupações os interesses que solapam o seu tempo, energia, dinheiro e nao deixam você dar fruto espiritual. Aqui na América ouço pessoas dizer: Simplesmente não tenho tempo de servir ao senhor, vivo ocupado demais, não posso me envolver com igreja, tenho que trabalhar, estudar fazer a minha vida. Se isso for verdade em sua vida. Precisa arrancar algumas pragas. Muitas coisas que tens feito as vezes não é tão nessesário. Talves você precise reduzir um pouco a sua agenda. Quem abraça o mundo com as pernas nao é tao inteligente quanto pensa. Conselho priorize as coisas mais importantes do seu dia a dia, e claro não deixe Deus em segundo lugar.
É preciso lançar tudo aos pés do Senhor.
PRAGAS do prazer, sim até mesmo as atividades agradaveis podem se tornar pragas. Ir atrás de uma boa vida, pode abafar seu crescimento espiritual. Existem cristãos mais preocupados em ganhar o bau da felicidade do Sivio Santos, do que fazer a obra de Deus.Você conhece pessoas que colocam a recreação em primeiro lugar em suas vidas? É bom se divertir, mas entretanto é preciso ter prioridades. Quando a praia, filme, novela, futebol, teatro, games, se torna mais importantes do que a Biblia, certamente seus galhos estão cheios de pragas.
As pragas são um sinal de negligência, e quando abandonamos a pratica da oração, leitura biblica, comunhão com os outros cristãos, elas vão crescendo e abafando a nossa vida espiritual. Devemos logo inzalar nosso cheiro e afugentar as pragas, e sermos mas que vencedores por aquele que nos amou.

PERMITA QUE O GRANDE AGRICULTOR  FAÇA A PODA

Deus é o agricultor que cuida dos ramos, e de toda árvore para que deem mais frutos.
Se eu quero ser um cristão frutífero e robusto, tenho de cooperar com Deus na poda da minha vida. Em Joao 15;1,2. Disse Jesus: Eu sou a videira verdadeira,e meu pai é o lavrador. Ele corta fora todos os ramos que nao produzem, e limpa os ramos que dão fruto, para que produzam ainda mais. Podar envolve cortar os galhos mortos e aparar os vivos, para dar formato a árvore, isso estimula o crescimento.
A poda nem sempre é agradavel pórem necessária para o crescimento espiritual, nao é opcional, lembre-se Deus é glorificado quando damos muitos frutos, João 15;8, devemos reelembrar que as ferramentas estão nas mãos de nosso Deus amoroso. Ele sabe o que está fazendo.Você deve estar perguntando como Deus nos poda? Ele usa os problemas, permite pressões, alguns vão lhe difamar, criticar, desafiar suas motivações, como Sambalate e Tobias fez Neemias. Mas lembre-se Deus pode utilizar cada situação de sua vida para ajuda-lo a crescer mais e mais.

Floreça como o cedro e vença todos os obstáculos confiando no Senhor. Um forte abraço.

Pr. Sivanildo Torquato Teixeira

Conheça neste vídeo um cedro de 6500 anos

Enquete

Esse estudo te ajudou?

Sim (348)
98%

Não (6)
2%

Total de votos: 354

conheça também este

O crente e a palmeira